– Picolé de Guaraná Antarctica –

picoleguarana.jpg

Por Claudio Prandoni

Estava a eu a divagar pela Internet e acompanhar o noticiário noturno, bem noturno, quando me deparei com uma propaganda das mais inesperadas: picolé de guaraná. Não apenas guaraná, a fruta, mas sim guaraná Antarctica, o refrigerante.

Como assim?

Após breve pesquisa, descobri que se trata de uma iniciativa conjunta entre a Ambev e a Kibon. Para dar dimensão do tamanho do projeto, parece que a Ambev não forneceu a fórmula do refrigerante à fábrica de sorvete – aparentemente, só duas pessoas no mundo sabem ela. A essência de guaraná é entregue pronta já apenas para ser aplicada aos picolés.

Óbvio que o intrépido paladar curioso deste que vos redige aqui ficou absolutamente tentado a experimentar a guloseima. A despeito das críticas negativas que ouvi por aí (“Dizem que não é bom”, seria uma anti-propaganda informal?), aproveitei um almoço com amigos para sair à procura do tal quitute gelado.

Padaria foi o lugar, R$ 1,70 o preço. À primeira impressão, o picolé parece menor que os demais. Permaneço na dúvida…

Quanto ao sabor, uma bela surpresa. Esperava por algo absurdamente doce e de textura esquisita. Porém, a sensação é de se estar comendo qualquer outro sorvete de fruta – quase como se fosse gelo com gosto.

O aroma em si é atenuado em relação ao refrigerante original e a refrescância proporcionada é assaz agradável. Este último detalhe sim me foi uma boa surpresa. Curioso que o sabor procura até imitar a sensação das bolhas de gás do refresco. Ou seja, não dá impressão de ser refrigerante chato sem gás no palito. Pelo contrário

Minha principal ressalva fica por conta do tamanho aparentemente reduzido do picolé, mas pela iniciativa criativa e ousada e a execução extremamente competente o picolé de Guaraná Antarctica leva boa nota. Na minha opinião, compete com a promoção Ipod no Palito como a idéia alimentícia mais legal do verão.

mastercheff_nota4.jpg

picoleguaranainf.jpg

4 Respostas to “– Picolé de Guaraná Antarctica –”

  1. Roberta Says:

    Jamais compraria esse sorvete. Mas agora que você disse que é bom, fiquei curiosa…

  2. Fabio Bracht Says:

    Eu também estava naquelas de “bah, não tem como isso ser bom.” Mas se o Mestre Prandoni elogiou, vou rever meus conceitos e deixar de lado o picolé de Laka na próxima visita à padoca.

  3. Fabio Bracht Says:

    Tomei hoje. Daria dois Cheffs, talvez dois e meio. É tragável, não é particularmente ruim… Mas tem TANTO picolé melhor.

    Até agora, o meu favorito da linha “sem leite” é o Fruttare de Tangerina. E olha que o de limão era o meu favorito desde que eu tinha 10 anos!

  4. Pablo Raphael Says:

    Esse é um clássico!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: